Pensando fora da caixa


Você acha fácil mudar, experimentar novas ideias? Como vai sua criatividade?
Estou bem triste em dizer que minha criatividade está mal. Vivo pesquisando e colhendo modelos diferentes de uso das roupas -- vamos focar aqui de coisas fáceis, ok? -- e, na hora H, acabo me vestindo do jeito padrão, mais comum de todos.

Por exemplo: estou com um moletom lindinho esperando o frio para ser estreado. Certeza que eu só havia pensado em uma forma de vesti-lo: com jeans, botinha ou mocassim.
Agora olha só, encontrei-o numa foto sendo usado com uma saia coral!
Lindo, e contra-intuitivo para mim...

Acho que quase todo o movimento que executo em moda é basicamente mental. Estou sempre olhando vitrines (físicas ou virtuais), avaliando novos modelos, me inteirando com as peças da vez. Porém, pouco faço em matéria de "mão-na-massa", de abrir guarda-roupa e experimentar novas combinações, novas possibilidades. Acrescento novas peças mas as uso de forma tradicional.

Essa foto foi um choque e realidade: me mostrou que pensar fora do habitual pode trazer um resultado surpreendente, muito melhor do que se manter no ambiente seguro.

Ao descobrirmos novas formas de juntar as peças elas se multiplicam e ainda saem da mesmice. Definitivamente um exercício presencial, para ser feito com as portas do guarda-roupa abertas, espelho grande e muita calma e boa vontade. E fotos!
É neste ponto que uma amiga estilosa ou uma consultora de estilo podem ajudar-nos a mudar a vida das roupas. No entanto, acho que dá para conseguirmos fazer sozinhas também, apesar que talvez de forma mais modesta.
Eu definitivamente vou tentar!

Comentários