O Retorno

Voltar de viagem é sempre bom: a saudade das pessoas queridas é grande, seu travesseiro lhe parece maravilhoso, o guarda-roupas inteiro está novamente à sua disposição.
E, no entanto, a lâmpada queimada continua ali, esperando por você finalmente criar coragem de desmontar o lustre para trocá-la, a correspondência está acumulada, não há meio da mala se desfazer de vez e, nesses momentos, você suspira pelo ar descompromissado das férias.

Sabe o que aprendi viajando? Que a gente precisa de pouquíssima roupa para viver bem quando em trânsito.
Levei mala com roupas para dois climas diferentes, o que a fez ficar pesada: vestidos e regatas para Miami; calças compridas e casacos para New York. Da próxima vez vou levar muito menos!

Já ouviram dizer que na hora de fazer a mala você separa tudo na cama e, quando achar que está bom, tira 50% fora? Acho que é verdade! Não usei metade das camisetas que levei, não usei dois vestidos e nem dois sapatos e uma clutch. Poderia ter ido beeeem mais leve.

O duro é que daqui a um ano, quando for viajar de novo, a gente já esqueceu disso e vai fazer novamente a típica mala monstro, sem necessidade...  :)

Outra coisa: as imensas listas de itens 'super importantes' para levar na mala de mão não estão com nada. Sabe o que realmente precisa? Seus medicamentos de uso contínuo e os específicos para a viagem; um casaco para o avião ou para desembarcar quando o clima do lugar é mais frio que aqui; meias para esquentar os pés no avião; tapa-olhos e protetores auriculares; uma nécessaire dos cosméticos que você sempre usa [no meu caso: batom, delineador, máscara de olhos, corretivo]; mini escova de cabelo; óculos escuros e de grau; caneta [para o formulário da imigração]; escova e pasta de dentes. O resto pode ir na mala de porão.

Uma dica preciosa é não deixar muita coisa solta na bolsa de mão: colocar em nécessaires para que fiquem organizadas e fáceis de pegar.
Exemplos:
A carteira preta é para passaporte, passagens e afins, ou seja, para os documentos que precisamos apresentar toda hora.
As nécessaires com corpo de plástico substituem os saquinhos tipo zip-lock 20x20cm onde devem ir os produtos líquidos e pastosos que passam por inspeção antes do embarque. E assim por diante.


Enfim, de volta à minha rotina, para o bem ou para o mal -- esperando conseguir colocar tudo em dia para ter tempo e inspiração para novamente postar com frequência.  :)

Comentários