Minimalismo: precisamos disso

Volta e meia eu bato na tecla do "agora que a gente pode comprar tudo que quer, não fica bem com nada", e variações sobre o mesmo tema.  ;)
Pois bem, há uma outra forma de olhar isso: e se passarmos a ver que temos demais e que podemos nos contentar com menos?

É o exercício proposto pela corrente Minimalista e, cada vez mais, me convenço que ela está com a razão. Será que precisamos mesmo de cinco camisetas listradas? Ou dez calças jeans? Trinta sapatos?

A ideia é se perguntar sempre: "Eu preciso disso?" 
"Eu posso viver sem isso?"

Acredito que esse movimento está crescendo como um contraponto aos excessos que estivemos vivendo ao longo dos últimos anos, quando todo mundo comprava tudo que as top blogueiras vestiam e o 'sonho de consumo' era ter um closet abarrotado como o das famosas. 

Só que tanta roupa descartada para dar espaço a novos itens gera um exagero de lixo; e tanta produção de novas roupas causa poluição dos rios, devido aos processos de tratamento dos fios e tecidos. E chegou o dia de nos  conscientizarmos que é necessário mudar a dinâmica de consumir moda, pela sobrevivência do planeta.

A leitura habitual de diversos blogs sobre o tema já alterou minha forma de comprar. Este dezembro foi o primeiro em que não saí atrás de infinitos presentes e de outfits novos para mim. Chegar em janeiro, um mês tradicionalmente atulhado de contas a pagar, sem excessos no cartão de crédito já foi uma alegria.
E se der para estender isso para o restante do ano?

Ainda sinto um certo 'cabo de guerra' sendo travado entre o amor pela Moda e a opção pelo minimalismo [mesmo sendo pelo minimalismo não radical]. 
Porque a Moda nos traz diariamente novos modelos, cores, estruturas, tecidos, enfim... há sempre algo recém-criado que tem tudo para ser objeto de desejo. Como amar moda e ser imune às novidades?

Ainda não estou dominando essa arte, as vertentes brigam quase todo dia. Mas estou pendendo para o Minimalismo, tentando fazer o lado racional ganhar do ímpeto consumista na hora de decidir se vale a pena gastar mais $ em algo que já tenho duplicado no guarda-roupa.

"Minimalism is a tool to rid yourself of life's excess in favor of focusing on what's important - so you can find happiness, fulfillment, and freedom."  
No Sidebar
Para pensar sempre...

Comentários