Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2016

Perfeita

Eu vejo esta foto, linda, onde até os flocos de neve caindo parecem posar para a câmera, e me pergunto: quem é essa mulher? Quem sairia, num dia frio de New York com tamanha desenvoltura, dispensando gorro, luvas, camadas de roupas?
Pois é, queridas: essa mulher não existe no mesmo mundo que nós. Ela é uma blogueira de moda famosa, posando para o fotógrafo, arriscando sua bolsa Dior de US$5mil na neve [bolsa que não pode ser molhada!] e aguentando o frio em prol de uma foto memorável.
Parabéns! Ela conseguiu a foto perfeita. Admiremos! O importante, agora, é que tenhamos claro que esse look perfeito não é reprodutível por quem trabalha/passeia e anda de metrô em NY.
Infelizmente a moda ainda é feita de cliques assim: irreais, perfeitos. O que faz com que nós, meras mortais, que estaríamos usando calça de lã e galocha nesse frio, eventualmente nos sintamos inadequadas, rebaixadas, aquém do “ideal”.
Ainda bem que hoje sabemos que o ideal é uma ilusão. Post apenas para lembrar a todas …

Le Lis Blanc catálogo Inverno 2016

Gosto da moda da Le Lis Blanc, tem de tudo um pouco, normalmente tem muitas peças de bom gosto e é relativamente fácil conseguir montar um outfit completo na loja. Ultimamente, porém, estava encontrando um número exagerado de roupas em poliéster, o que me desagrada demais. E isso sem contar que os valores andam a meio passo para astronômicos. Enfim...

O catálogo de Inverno trouxe alguns blazeres, ponchos e um casaco de lã mas, de resto, praticamente nada mudou. O que é ótimo: significa que o que temos no armário está up to date, detalhe de muito valor em tempos de minimalismo.

Usando a lógica de aproveitarmos ao máximo o que já temos, separei para o post imagens do Inverno Le Lis que dão informação de moda com itens já nossos velhos conhecidos. Olhem só:

A camisa jeans, que é hit desde 2015, continua firme. E animal print nunca sai de moda. Outro grande queridinho de outros carnavais: branco e preto.
Ótimo, peças dessas cores sempre existem nos guarda-roupas.

E o militar está se man…

O Amor pela Moda e o Minimalismo

Pode inicialmente parecer conflitante, mas o que me levou a experimentar um armário cápsula minimalista foi justamente o amor desmedido pela Moda. Ao acompanhar os desfiles e as últimas novidades sempre surgia uma estampa, uma cor, uma modelagem pela qual eu me apaixonava e que ainda não existia no meu guarda-roupa. Isso criava uma vontade imensa de preencher esse gap, de comprar aquela peça tão linda. Resultado: muito mais roupas do que preciso e vontades sendo criadas e alimentadas a cada novidade da indústria da Moda.
Talvez por ser libriana, o Belo sempre esteve muito presente na minha vida. Admiro tudo que é bonito, estou sempre buscando por um espaço agradável e bem decorado, por roupas com estampas inspiradas e formatos não comuns, por it-bolsas icônicas.
A Moda me encanta! Veja esta foto: Gostei de tudo: essas bolsas, o casaco com punho em pele vermelha e o conjunto de malha à direita.
Levei tempo até acreditar que era da coleção masculina da Gucci. [sim!]
"Desfile da co…

MASP - exposição Rhodia

ARTE NA MODA: COLEÇÃO MASP RHODIA "Pela primeira vez, o MASP exibe seu acervo completo de vestuário da Rhodia, com roupas criadas a partir da colaboração entre artistas e estilistas na década de 1960. A coleção de 79 peças, selecionadas por Pietro Maria Bardi (1900-1999), diretor-fundador do museu, foi doada em 1972 pela Rhodia. A indústria química francesa promovia seus fios sintéticos no Brasil por meio de desfiles-show, editoriais e coleções de moda, numa estratégia desenvolvida por Lívio Rangan (1933-1984), visionário gerente de publicidade da empresa. Os desfiles-show, realizados entre 1960 e 1970, pareciam mais espetáculos e reuniam profissionais do teatro, da dança, música e das artes visuais. Apresentados na Feira Nacional da Indústria Têxtil (Fenit), o maior evento de moda da época, os desfiles-show exibiam até 150 peças, com duas coleções por ano viajando pelo Brasil e exterior."
Link Se você é de SP e gosta de Moda, esta exposição é IMPERDÍVEL. Está no sub…

Armário cápsula: iniciando Projeto 333

Preparação
Minha primeira providência foi verificar como será o tempo nos próximos 30 dias.
Por este mapa meteorológico de previsão [link], Fevereiro será um mês bem quente, de 25°C a 33°C durante o dia e com baixas temperaturas à noite [média histórica é de 16°C de mínima].
Como à noite normalmente estou em casa, abrigada,vou optar por priorizar peças para o calor.
O segundo ponto importante antes de fazer a separação das roupas foi recordar o post da Ana do Hoje Vou Assim Off, sobre a proporção ideal entre número de blusas e número de calças. A proporção que se usa em consultoria é de 5 partes de cima para 1 parte de baixo [leia aqui].
ESCOLHI
Com tudo isso em mente fiz a seguinte cápsula:
Peças inteiriças:
4 vestidos2 macacões Partes de baixo:
2 calças jeans1 calça preta 1 saia estampada Partes de cima:
2 jaquetas leves1 manta quente18 camisetas / blusinhas de tecido Nessa lista há 31 peças mas não incluí sapatos, bijoux e echarpes, como no projeto original. Afinal, não é uma exigênc…