O verdadeiro significado


O universo das palavras é muito interessante, todas possuem uma origem que lhes dá uma identidade. A partir dessa “identidade original” outros significados são acrescentados e ampliam o sentido do que representam. Vamos pensar na palavra “coração” que tem sua origem no latim, vem de COR ou CORDIS e representa o órgão que bombeia o sangue para o corpo.
 
Essa palavra-mãe deu origem a muitas outras palavras e todas tem uma relação com o simbolismo do coração. Saber de cor é uma expressão que significa saber de coração; o que está no coração não é esquecido, é um saber pessoal. A palavra coragem também deriva da raiz cor e ser corajoso representa viver com o coração. Assim também acontece com as palavras concordar (aproximar do coração) e discordar (afastar do coração). A palavra misericórdia, também de origem latina, é formada pela junção de miserere (ter compaixão) com cordis, e misericordioso é aquele que sente compaixão no seu coração.
Como não somos impecáveis com as palavras que usamos na comunicação com o mundo, acabamos por esvaziá-las de sentido, roubamos sua alma. Elas perdem a conexão com sua essência e nós com a nossa. Deve ser por isso que hoje a palavra vale pouco. Prometemos o que não vamos cumprir, despejamos palavras só para ferir, declaramos amor que não existe, fazemos ameaças que não levamos a cabo, e assim por diante. 

O significado verdadeiro do que sentimos e, portanto, do que seria legítimo manifestar, está dentro do coração de cada um de nós. Não do músculo, é claro, mas do centro de energia amorosa, da essência. Para acessá-la é preciso esvaziar a ansiedade, silenciar os pensamentos e mergulhar. Despertar esse potencial amoroso, enfrentar o ego e suas armadilhas, recordar quem somos e fazer a reconexão com nossa origem divina. Trabalhoso não? Pois é, tarefa para quem tem coragem, ou seja, para quem vive com o coração!!

__________________________________________________________________________________


Texto de Ana Amorim: Psicóloga Clinica, Terapeuta, eterna curiosa e aprendiz de assuntos metafísicos.

Comentários