Vamos repensar minimalismo, blogs e armário cápsula?

Esta semana vários blogs [Melhor não falar nada; Babee; Teoria Criativa] escreveram textos reclamando que a moda minimalista nos blogs está deixando todos com a mesma cara, sem personalidade, estão todos "seguindo uma tendência".

Discordo da crítica ao lay out dos blogs. O fato da blogosfera estar usando telas de cores sólidas, normalmente brancas ou cinzas, e estar restringindo as firulas visuais me agrada muito, acho isso uma evolução. E digo por experiência própria: quando comecei a blogar, em 2011, meu primeiro lay out era super carregado, com flores, tons de rosa, etc. Lindo para ver um dia; cansativo para ver todo dia.  :)

E creio que é assim com todos: uma hora você vê aquela profusão de desenhos, patterns e fontes e decide que já deu e a solução é simplificar.

Ao longo dos últimos meses, desde o livro da Marie Kondo, fiz vários destralhes e simplificações, e deixei minha vida mais leve. Tenho experenciado isso como algo mega positivo, reduzir os supérfluos tem sido recompensador.

Por tudo isso continuo fiel e fã do estilo minimalista, e o defendo para blogs e para vidas. 
Sobre as críticas ao armário cápsula
Entendo o que elas reclamaram: que está surgindo um exército de meninas achando que 'armário cápsula' significa que você tem que ter um número X de peças [33, para alguns sites; 37 para outros; etc.] e que todas as roupas têm que ser de tons neutros para facilitar as combinações.

Nada mais equivocado! Armário cápsula não tem a ver com um número fixo nem com preto-e-branco. Afinal, não é porque você está usando um número restrito de itens do guarda-roupas que vai dizer adeus ao que gosta: é exatamente o contrário! O importante aqui não é ser fácil de combinar, é conservar seu estilo pessoal nessa empreitada.

Como nos diz a linda Iris Apfel: 

Usei um cápsula por dois meses e foi fantástico. Descobri que preciso de muito menos roupa para viver do que imaginava, descobri que roupas que você adora não enjoam tão fácil e que com o armário-cápsula a rapidez e facilidade para se arrumar são espantosas. É uma experiência que todos deveriam fazer pelo menos uma vez na vida.

E esse armário cápsula era "neutro"? NÃO! Era coloridíssimo, como meu estilo. Cheio de bordados, ou estampas, ou aplicações. Muuuita bijoux statement. Por isso usei-o dois meses sem me aborrecer, sem que fosse um sacrifício. Foi algo fácil e gostoso de fazer. 

E, como sempre repito quando falo sobre armário cápsula: EXPERIMENTE! É um exercício de autoconhecimento. Não precisa usá-lo eternamente, mas se desafie a fazer um teste. Você vai gostar!

Comentários