Consumindo melhor

Depois da limpeza de guarda-roupa pelo método KonMari, que resultou em umas seis caixas de roupas para doação, passei por uma experiência de usar um limitado armário-cápsula por dois meses. Essas duas coisas foram essenciais para modificar totalmente minha atitude de compras e de consumo de moda.

Percebi que antes eu entrava nas lojas procurando algo para comprar, mesmo sem ter nada em mente. E, claro, acabava vendo uma camiseta com um bordado bonito, um casaco de uma cor fantástica, etc., que levava para casa achando que tinha meio que "ganhado no jogo de encontrar algo legal".

Só que ao destralhar meu armário vi que essa forma de pensar faz com que se tenha muita coisa, sendo que dificilmente elas combinam entre si. E que ninguém precisa de tanta roupa!
A princípio achei que tinha chegado a um guarda-roupa equilibrado, mas vejo que ainda está muito lotado. Estou sentindo necessidade de fazer outro destralhe, acredita?

A pior parte do destralhe não é abandonar tanta roupa boa, é resolver que fim dar a elas.

Minha experiência mostrou que contar com a venda de tudo é utópico. Coloquei na lojinha do Enjoei somente as peças novas e mesmo assim não há previsão de quando serão todas vendidas. [as peças do Pílulas são as com código iniciado por ds - dá uma olhadinha aqui!]

A outra opção é a doação. Dá um bocado de trabalho lavar, passar e embalar tudo para depois levar a uma instituição beneficente, mas eu fiquei bem feliz de saber que aquela montanha de peças ia ter um bom uso aquecendo alguém e trazendo fundos para a instituição quando vendidas em seu bazar.

O fato é que, tudo isso somado, ficou claro para mim que consumir de forma impensada não vale a pena. É uma perda enorme de dinheiro e também de tempo trazer levianamente algo para casa que provavelmente será descartado num futuro próximo.
O ideal é comprar somente aquilo que realmente amarmos! 
Agora olho uma peça à venda e imagino se não vou enjoar logo dela, colocar defeito logo e se vai combinar com o que já tenho. Essa consciência tem me afastado das lojas, o que estou achando ótimo!!

E você, como está lidando ultimamente com suas aquisições?

Comentários