Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2016

Treino mental

Não é segredo algum que para mantermos a mente "afiada" é preciso exercitá-la.
Para quem quer manter a mente ágil, além das já difundidas palavras-cruzadas, há um site especializado nisso: LUMOSITY
O site propõe uma série de exercícios diários, variados, que visam melhorar a capacidade de raciocínio, memória, atenção, etc.
Não leva mais que 10 minutos para fazer a sequência proposta do dia (muda sempre). Depois de tudo feito o site calcula como foi sua performance e plota num gráfico: dessa forma você realmente acompanha seu desempenho.

Você pode testá-lo por três dias seguidos, após o quê tem que comprar uma conta.
Testei e comprei a assinatura de um ano: cerca de US$80.
E o Lumosity atualmente está disponível em Português.

Estou bem satisfeita com o programa, tenho feito os exercícios diariamente: é divertido, desafiador, prende a atenção. É um momento diferente da sua rotina e que, ainda por cima, melhora seu cérebro.
Super recomendo! :D

O terceiro ato da vida

Este video de Jane Fonda é incrível. À primeira vista me deu uma certa "preguicinha" de assistir, ao me deparar com a informação dos 11 minutos de gravação - afinal, quando estamos na internet tudo é contado em segundos, não é mesmo?
Porém, iniciado o filme fiquei presa à mensagem e o tempo passou voando!


Apesar de ser voltado ao terceiro ato da vida, ou seja, após os 60 anos, vale super a pena assistir. Afinal, de 50' para 60' não falta tanto tempo assim, e a mensagem pode ser aproveitada desde JÁ!  =)

Ou, nas palavras da minha irmã:  "Sempre vale a pena rever os paradigmas. Não faz sentido acreditar que a felicidade e realização humanas sejam restritas a uma pequena faixa etária. A idade é um detalhe quando estamos e nos sentimos VIVOS!"

Enjoy!!!

Padrões de beleza

Vocês têm reparado como inúmeros veículos de comunicação estão focando em artigos contra a discriminação de pessoas por suas características físicas?
Acho super válido, parece o caminho certo a se tomar. Acredito que algo assim ocorreu antes de, por exemplo, a sociedade aceitar os casamentos homossexuais. Ou seja, se malharmos bastante mesmo que a ferro frio, depois de muito tempo se consegue um resultado. Demora, mas vem.
A ditadura que diz que somente quem é magra e jovem é bonita precisa ser mudada. Mas veja como isso é complexo: nós mesmas, as consumidoras, não aceitamos capas de revista se não houver uma modelo bem linda e bem magra estampada.

Em 2007 ouvi isso da Lenita Assef [diretora geral da Elle por dez anos, até março/2013], que ligou para minha casa devido a uma crítica que eu havia escrito à revista. Conversamos bastante e eu, como boa leiga no processo editorial, perguntei por que não se colocavam pessoas "normais" nas capas e reportagens da revista. Argumentei…

Site Advanced Style e a idade

Acho o site Advanced Style fantástico, focando no estilo da terceira idade.
O criador é Ari Seth Cohen, um jovem fotógrafo que percorre as ruas de Nova York procurando por looks criativos e originais portados por pessoas idosas.

O blog é uma graça! Às vezes com fotos excêntricas, às vezes com looks absolutamente poéticos, de uma forma ou de outra quase sempre me emociona.

E como ele escolhe suas modelos? Pelo corpinho magro mantido desde a juventude? NÃO. Escolhe pelo ESTILO que essas senhoras de NYC criaram para si, pela elegância e pela extravagância com que elas se permitem vestir.

Lindas, não são?
O que reforça o assunto do post passado: definitivamente um DESSERVIÇO para todas as entas o site Chic publicar que as mulheres, para envelhecerem com uma figura leve e jovem, não devem perder a linha (traduzindo: devem se manter magérrimas a vida toda).

Por isso eu adoro o fotógrafo Ari Seth Cohen: ele vê beleza no diferente, não no esteriotipado.

Não é muito melhor?
É isso que eu almej…

Envelheça magra

Costumava achar a Gloria Kalil inteligente e sensata. Já faz algum tempo que não tenho mais identificação com o seu site, o Chic: leio algum texto dele e logo me vejo discordando do que foi dito.
A última foi referente este post falando do envelhecimento: Não perca a linha

Resumindo: como rugas e marcas de idade na pele são inevitáveis, só a manutenção da silhueta (aqui entendida como a manutenção da magreza) torna a velhice apresentável.

"A pessoa não pode deixar de ter rugas, mas pode manter uma figura leve e jovem, se não perder a linha" (sic).

Foto do site Chic: Sophia Loren (82), Jane Fonda (76) e Catherine Deneuve (71)

No texto:
"Catherine Deneuve, 71, a mais moça de todas, parece mais velha e pesadona porque perdeu a cintura, ganhou um estômago, e ficou com a silhueta sem forma."


a) Concordo com a Gloria Kalil que um corpo magro mostra menos os sinais de idade.
b) Discordo que seja isso que devamos almejar.

Envelhecer já vem carregado de uma série de dificuld…

Viver aos 50

Hoje minha irmã esteve em minha casa e estranhamente, por vir de uma pessoa altamente espiritualizada, disse: "Você não sente que tem dias que falta alguma coisa na vida, que carece de um propósito, e isso deprime a gente? Não será da idade?".

Sim, acho que é da idade. Todas as amigas delas, as minhas e nós mesmas sentimos essa angústia ultimamente. Uma incompreensão da vida e de seus caminhos, um olhar constante para o final do curso da mesma sem entender muito como é que ontem isso não nos acometia.
Supondo que você tem algum tempo para seus próprios pensamentos, algum dia algo meio sombrio vem lhe visitar falando que estamos ficando velhas, que o corpo não é mais o mesmo, que os filhos estão indo embora e nos deixando e, o pior de todos, que os pais estão muito, muito velhinhos...

O que afasta esse sentimento é o vislumbre da ação em torno de algo que nos agrade. O tal do "propósito". Onde arrumá-lo?

No meu caso, meu sonho pequeno é transformar minha escrivaninh…

Roupas em tons de joia

O site Moda Operandi está dando destaque à marca Paule Ka de roupas femininas. A designer atual pertenceu ao time da Lanvin e isso trouxe para a marca a elegância francesa para a mulher moderna, segundo o press release.

Mas o que me impressionou na grife foi outra coisa: COR. Os looks exibidos tem tons lindos em seda, olha só:

Me peguei pensando no uniforme diário de jeans e blusa e achando que a vida pode - e deve - ser muito mais colorida!
Somente como fonte de inspiração (já que um longo da marca custa mais de US$2mil e um trench mais de US$1.200), olhe quantas opções de combinações de cores que ficam lindas juntas!
Incrível como um casaco colorido dá luz a qualquer peça. Melhor ainda se embaixo também houver cor, como nestes exemplos.  E para um trench marrom, discreto, uma blusa de seda verde com laço. Glamour instantâneo *-* Trench bege é bastante comum mas ganha vida com laranja por baixo.  Falando em laranja, que é um tom não usual para vestido longo: este aqui está um sonho…

Tempo de validade

Nós, consumidores atuais, sabemos que ao comprar qualquer produto, especialmente os perecíveis, é imprescindível checar a data de validade. Há produtos que duram por mais tempo, outros duram menos, mas todos têm um prazo para serem consumidos. Quando esse prazo esgota-se aquele produto perde suas características originais: o biscoito que era crocante torna-se mole, o refrigerante perde o gás, alguns tornam-se extremamente perigosos e colocam em risco nossa saúde, e mesmo peças de vestuário descaracterizam-se, o tecido envelhecido rasga-se com facilidade.
Isso parece óbvio, não é mesmo? Parece, e de fato é; entretanto limitamos essa obviedade aquilo que consumimos e não ao que vivenciamos. Tendemos a não refletir sobre a validade de nossas escolhas e uma vez feitas, via de regra, assim permanecem. Enquanto pessoas, mudamos no decorrer do tempo e temos dificuldade em revalidar o que foi escolhido. Ao final da adolescência temos que definir o que desejamos fazer pelo resto de nossas vid…

Viagem marcada

Semana que vem estarei voando para Nova York. Será a sexta vez que irei para lá, porém a primeira em que irei sozinha. Desta vez ninguém pôde me acompanhar, nem amigas nem marido ou filhos.

Fiquei dias pensando se iria encarar a viagem sozinha ou não. No final, a vontade de passar uns dias na cidade que mais amo no mundo foi mais forte e marquei tudo de uma vez: passagens e hotel.

Costumo ficar no Hotel Hyatt, escolhendo entre dois endereços: o que fica ao lado da Grand Central Station (foto: é o prédio espelhado entre o GCS e o Chrysler Building) ou o que fica a 100m da Times Square. Cada um deles tem uma vantagem estratégica diferente: ficando no Grand Hyatt você tem uma saída do hotel direta em um dos túneis da Grand Central Station e dali pega metrô para qualquer parte de Manhattan. Ficando no Times Square Hyatt você pode assistir a qualquer peça teatral e voltar à pé para o hotel em minutos, além de fazer compras até as 2hs da manhã, se quiser.
Desta vez, por estar só, escolhi fi…

Dia dos Pais

Depois de um intervalo sem escrever para este blog, ainda retomando o ritmo pós férias, decidi sentar e fazer um texto sobre o dia dos pais. Devo confessar que estou tendo certa dificuldade em abordar o tema, afinal esse universo não é tão familiar; sou mulher, mãe, e apenas transito pelo mundo masculino sem a ele pertencer; é sempre mais tranquilo navegar por águas já conhecidas.
Para pegar o fio da meada recorro à figura de meu pai, hoje com seus 94 anos, lúcido para quem já viveu quase um século. Imigrante português, chegou ao Brasil já homem feito, segundo ele vislumbrando possibilidades que não encontrava em seu país de origem naquele momento. Pessoa simples, de família grande com profunda ligação com a terra, veio decidido a construir seu futuro e assim o fez. Capricorniano determinado, teimoso, trabalhador incansável, honesto, correto, traz a marca de um povo que sofreu as consequências indiretas da guerra e a necessidade de sobreviver a todas as suas restrições. Como ele mesm…

Paula Cademartori coleção Out/Inv 2016-17

Considero a designer Paula Cademartori talentosíssima. Suas bolsas, que sempre levam o mesmo fecho característico, são muito fora do lugar comum: Cores e recortes ousados.  Idem para os sapatos e botas: As peças acima são da Coleção Outono-Inverno 2016-17
Paula, que é nascida em Porto Alegre, tem seu ateliê em Milão - Itália. Seu processo de criação envolve ouvir muita música brasileira, e ela diz transpor essa alegria típica do Brasil para suas criações. 
Atualmente suas peças estão presentes nas mais renomadas butiques da Europa. E apesar de haver revendas na América do Norte, Ásia e até no Egito, aqui só as encontramos no e-commerce Farfetch e nas multimarcas Zezé Duarte (Belo Horizonte) e Ana Paula (Brasília).  Os preços? Salgados, como tudo que é de alta qualidade ainda acrescido das nossas já famosas taxas de importação: suas bolsas estão na faixa de R$7,5 a 11 mil. Ui!
Feitas à mão com couro italiano, são preciosidades que lançadoras de moda como Anna Dello Russo, Chiara Ferr…

O guarda-roupa de Elizabeth II

Se a elegância da Princesa Diana era uma unanimidade, os trajes de Sua Majestade, a rainha da Inglaterra, já deram muito o que falar, haja visto sua predileção pelas cores azul, rosa e amarelo, seus chapéus com plumas e outros acessórios improváveis. Algumas das características de sua moda podem muito bem ser explicadas pelo “dress code” real, que obedece a regras estritas.

Por exemplo: a Rainha deve ser identificada à distância e por isso, o color block. Nenhuma transparência é permitida. A roupa deve garantir todo o conforto possível. A seu pedido, nenhum de seus sapatos têm saltos com altura superior a 7 cm. As barras de seus vestidos têm pequenos chumbinhos em toda a volta de forma a evitar que se levantem em caso de vento forte, e seus chapéus são fixados fortemente para não voarem jamais. Enfim, quem não ficaria curioso para ver de perto algumas dessas roupas icônicas? 

Pois bem, isso é possível agora. Para comemorar seus 90 anos de vida, três exposições foram instaladas em trê…

Livro: O Ano em que Disse Sim

Eis um livro de leitura fácil, agradável e que ainda por cima tem várias lições a nos ensinar. Shonda Rhimes é a incrível mulher que criou as séries de sucesso Grey's Anatomy, Scandal e How to Get Away With Murder.


Ela conta sua infância de menina quieta, introvertida e que se distraía sozinha, fechada numa despensa:

"[...] Mais à vontade com livros do que com novas situações. Feliz por morar dentro de minha imaginação. Eu moro em minha mente desde criança. Minhas primeiras memórias são de me sentar no chão da despensa da cozinha. Ficava lá por horas na escuridão e no calor, brincando com um reino que eu havia criado com enlatados"

Adulta, quando suas séries estouraram como enormes êxitos, era convidada para talk shows, entrevistas, palestras, discursos. E sempre recusava por um paralisante medo de palco. No entanto, uma frase dita por sua irmã a faz repensar sua atitude.

"Você nunca diz sim para nada."

E após uma epifania ela decide criar o Ano do Sim, durante o…

Christian Louboutin Beauty

Eis um fashion designer que sabe colocar sua marca no mundo. Primeiro com as icônicas solas vermelhas de seus sapatos femininos e, agora, com seus produtos de beleza.
Qual mulher não suspira por um par destes?

Para completar o fetiche, a linha Beauty tem um design simplesmente lindo. Tão lindo que seus batons e brilhos labiais vem numa embalagem tipo joia e com uma fita para serem usados como pendente no pescoço.

Completando a série, os esmaltes que também ganharam roupagem luxuosa: Ano passado, em New York, fiquei namorando os batons - imagine só, eu que nem uso batom! Mas a embalagem era tão maravilhosa que dava vontade de ter para colocar enfeitando uma mesa. No final, desisti: US$90 [com o dólar a quase R$5 naquela época] é muito dinheiro para algo que nem seria bem aproveitado.
De qualquer forma, para amantes de um belo design [  o/  ], vale a pena conhecer e apreciar o visual. Se os produtos são bons? Não sei, não testei nadinha. Mas duvido que eles lançariam algo com qualidade …

Combatendo o body-shaming

Ainda bem que os assuntos 'corpo perfeito' e 'vergonha de corpo' estão sendo discutidos tão mais frequentemente. Num mesmo dia li três notícias interessantes, vou listá-las aqui para você:

(1) Efeito Contrário - Petiscos O site noticiou sobre a carta aberta aos leitores que a editora chefe da publicação da Women’s Health, Amy Keller Laird, fez em janeiro dizendo que a publicação não usaria mais termos como “corpo de biquíni” ou “corpo de praia” nas chamadas da capa, e muito menos iria iludir as leitoras com ideias de que é possível emagrecer duas numerações em um único mês.  “Caro ‘corpo de biquíni‘, você é realmente um equívoco, para não mencionar um insulto não intencional: você implica que um corpo deve ser de determinado tamanho, a fim de usar uma roupa de banho dividida em duas peças. Qualquer corpo é um corpo de biquíni. Você tem vergonha e isso ficou mais do que irritante”. Apesar da revista ainda se concentrar em dietas e exercícios visando emagrecer part…