Envelheça magra

Costumava achar a Gloria Kalil inteligente e sensata. Já faz algum tempo que não tenho mais identificação com o seu site, o Chic: leio algum texto dele e logo me vejo discordando do que foi dito.
A última foi referente este post falando do envelhecimento: Não perca a linha

Resumindo: como rugas e marcas de idade na pele são inevitáveis, só a manutenção da silhueta (aqui entendida como a manutenção da magreza) torna a velhice apresentável.

"A pessoa não pode deixar de ter rugas, mas pode manter uma figura leve e jovem, se não perder a linha" (sic).

Foto do site Chic: Sophia Loren (82), Jane Fonda (76) e Catherine Deneuve (71)

No texto:
"Catherine Deneuve, 71, a mais moça de todas, parece mais velha e pesadona porque perdeu a cintura, ganhou um estômago, e ficou com a silhueta sem forma."


a) Concordo com a Gloria Kalil que um corpo magro mostra menos os sinais de idade.
b) Discordo que seja isso que devamos almejar.

Envelhecer já vem carregado de uma série de dificuldades: metabolismo mais lento, dores, visão piorada.
Será que até aos 70-80 anos vamos ter que ouvir a patrulha para um corpo magro e "corretamente" curvilíneo? Gente, uma mulher de 70 anos já viveu tanto, já produziu tanto, será que não merece alforria dos padrões estéticos vigentes, que são aleatórios e impostos de fora para dentro?

Passamos a vida jovem inteira tentando de todas as formas nos encaixar no padrão magreza + pele bem cuidada + cabelo e unhas feitos. Até quando querem que nos submetamos a isso?

Acho lindo as mulheres que assumem seus cabelos brancos quando eles aparecem. Achava linda minha avó com seu sobrepeso e seu abraço macio. Eu quero ser uma enta feliz, não uma que viva neurótica contando calorias e só falando de suplementos alimentares e ginástica.

Parabéns para quem consegue se manter em exercício e fazendo dieta pela vida afora. Pode ser ótimo, mas não é o que eu quero para mim. E não gostei do tom usado no artigo base.  #falei

Comentários