Livro: Harry Potter e a Criança Amaldiçoada


 
"Harry Potter e a Criança Amaldiçoada" é uma peça de teatro escrita por Jack Thorne e que J.K. Rowling supervisionou para que se mantivesse fiel à essência de sua obra original. Por ser um script, a leitura deve ser feita imaginando a peça se desenrolando no teatro, o que é fácil devido às explicações claras de locais, posição e falas dos personagens.

A história se inicia 19 anos após os acontecimentos do último livro da série, na estação King's Cross, plataforma nove e meia, quando Harry, Gina, Rony, Herminione e Draco estão levando seus filhos para embarcar no Expresso para Hogwarts.
Harry tem três filhos com Gina: Thiago, Alvo e Lílian. Esta é a primeira vez que Alvo vai embarcar para a escola de bruxaria.
É incrível ver que os personagens cresceram e têm vidas de adultos: trabalham, criam filhos e têm os problemas que todos os pais de adolescentes enfrentam.

No primeiro ato a história ocorre em pulos e anos se passam, com Alvo Severo Potter crescendo sentindo-se oprimido pelo fato de ter um pai famoso, com uma sensação que nunca irá agradá-lo ou mesmo honrá-lo o suficiente. Por seu lado, Harry também tem muita dificuldade de lidar com esse filho inconformado. Essa rebelião do menino dá o pano de fundo para uma história com muita magia, reviravoltas inesperadas, sustos e tensão. Enfim, nesse sentido é bem fiel aos livros que já conhecemos.

São 2 partes e 4 atos, uma peça longa e movimentada. Aliás, adoraria ver a peça, não consigo imaginar como fizeram tanta "magia" acontecer em palco!
Aqui os atores da montagem inglesa. Na sequência, os personagens Harry, Alvo, Gina, Draco e Scorpius.
 
Se você não se importar em ler script, vai gostar do livro. A história é muito boa. Porém, obviamente não tem a cadência de um romance, ela é bem segmentada, pela própria característica de uma peça teatral. 
Eu gostei!

Comentários