Descubra seu Estilo Pessoal 3: Natural / City Chic

Esta é a terceira e última parte da tradução livre do post original "Do You Know Your Style Personality?", lembrando que as figuras e o texto são originais da Donna e são de seu blog.
E finalmente...

Você sabe qual é seu estilo pessoal?


5. NATURAL
Celebrity icon: Julia Roberts
Blogger icon: Michelle from My Fashionable 40s
Fabulosos exemplos de um estilo pessoal Natural são Julia e Michelle (apesar de que eu penso que Michelle tem um toque de Dramática também - ela é ótima em achar tendências antes de todo mundo e faz com que elas se encaixem bem no seu guarda-roupa).

Para esta mulher é tudo sobre conforto. Nada de cós torcendo ou pinicando a cintura. Jeans serão a maior característica no seu guarda-roupa, com um monte de tops fáceis de usar, sapatos práticos como sneakers e Converse. Saltos não serão sua primeira escolha para o dia a dia, ela os deixará para as saídas noturnas. Ela opta por um look pouco carregado e sem firulas e floreios. Bijoux não devem ser muito over, uma simples corrente ou pulseira e seu relógio devem ser suficientes. Atualmente eu penso que existe um novo tipo de Natural, das mulheres que têm amor pela moda mas que a interpreta para que seja mais usável de forma diária.

 

É altamente provável que uma Natural tenha um vestido denim no guarda-roupa. Bom e prático denim. Ankle boots são uma opção de estilo que vai ficar bom. Pulseiras de couro combinam com seu look minimalista e uma bolsa de bom tamanho funciona bem para o seu estilo de vida (a qual ela provavelmente não vai mudar todo dia). Ela se sentirá totalmente confortável o dia todo, o que é importante para ela. Linhas simples, sem exageros.



6. CITY CHIC
Celebrity Icon: Emmanuelle Alt
Blogger (cough) Icon: Eu (não me considero um ícone, sou meramente um exemplo de City Chic).
Como me sinto indigna perto da poderosa Emmanuelle Alt.  
Totalmente confortáveis em nossas respectivas jaquetas, jeans e sapatos baixos.

Sem dúvida a City Chic já experimentou vários looks diferentes no passado (eu) mas agora sabe exatamente o que fica bom nela. Ela tende a seguir tendências ao invés de modinhas e privilegia um look esperto e confortável, não poluído. Padrões e estampas terão espaço mínimo no seu guarda-roupa, e esta mulher prefere camisetas e tops lisos, blazers, cardigans, e jeans e calças bem cortadas. Embora ela realmente goste de uma boa estampa Breton (listrado). É  um inferno fazer compras com ela (deixe-a ir sozinha) pois um monte de considerações são feitas a cada aquisição. Ela ama sapatos e bolsas e gasta a maior parte do seu dinheiro neles (eu - sapatos).

 

Eu acho que a City Chic se situa entre a Clássica e a Natural. Ela ama roupas bem cortadas e estilosas, mas opta por conforto como a túnica t-shirt mostrada acima. Este vestido pode ser colocado com flip flops para um look simplificado mas esta mulher irá usá-lo com um blazer. É outro estilo que jamais fica sem seus óculos escuros. Finalmente, uma bolsa que não é tão formal como a da Clássica mas que tem tanto estilo quanto. A propósito, ela também usa sapatos, eu só não consegui encaixá-lo na figura! Sapatilhas estilo ballet, mocassins e, quando necessário, um stiletto clássico em cores neutras.


Conclusão
Você conseguiu se posicionar com o que foi dito aqui?
Seu estilo pessoal é realmente uma expressão do seu espírito e caráter. Mulheres que inconscientemente compram todas as tendências que aparecem, ou copiam celebridades ou blogueiras, certamente terão problemas de guarda-roupa. Não há nada de errado em copiar o estilo de alguém, mas esteja certa que esse é um estilo que (a) você está confortável com, e (b) se adeque ao seu estilo de vida corrente.

Olhe, há pouco senso em uma Natural comprando um vestido justo e stilettos para usar no dia a dia. E uma Clássica irá se sentir sem chão em uma malha de fleece com jeans mesmo que seja para uma visita ao supermercado. Não há jeito certo ou errado de vestir - é tudo sobre como VOCÊ se sente.
Mas algumas vezes você é forçada em um determinado estilo por conta do seu estilo de vida. Por exemplo, uma mulher que tenha usado terninhos toda sua vida e se afastou para ter um bebê, pode de repente sentir como se tivesse perdido seu caminho. Seu prévio guarda-roupa de alfaiataria dificilmente vai ser adequado para uma recém-mãe. Seu estilo de vida vai ditar seu novo guarda-roupa, o qual pode não estar sincronizado com sua personalidade. Isso vai requerer um pouco de experimentação (e alguns desastres - eu sei disso, experienciei todos eles) mas entendendo o fundamental do seu estilo significa que você pode adaptá-lo a qualquer situação. Mesmo para esquiar!

--- The End ---

Nota Pílulas:
Não sei o que vocês acharam, mas no meu entender ela simplificou as categorias, deu exemplos e transformou a busca pela identidade fashion em algo muito mais fácil. Cansei de ler livros que davam tantas opções que você acabava tendo traços de vários estilos e saía sabendo tão pouco quanto quando iniciou a leitura. Agora pretendo checar tudo que conseguir desse blog, a Donna me encantou com a forma clara e segura de escrever.

Comentários