Planeje gastar mais no seu ponto fraco

Por mais que queiramos deixar as compras de lado, o fato é que ao mudar a estação a gente sempre se encontra olhando vitrines e se perguntando do que é que PRECISAMOS agora. 🙋

Numa situação como a atual, onde só se vêem lojas vazias e espaços fechados nos shoppings, como gastar melhor o suado dinheirinho? Com o que devemos economizar e com o que devemos gastar um pouquinho mais?

Além dos óbvios conselhos de:
  1. Gastar em roupas de qualidade, com corte atemporal;
  2. Economizar na modinha da vez;
  3. Calcular o custo por uso (quantas vezes a peça vai sair do guarda-roupa e ser efetivamente usada);
há um outro item a ser considerado que talvez seja ainda mais importante do que estes citados: gastar na parte do seu corpo que é a mais difícil de vestir. 

Por exemplo: A sua dificuldade é encontrar uma boa lingerie, de sustentação adequada? Então, quando achar A peça perfeita é nela que você precisa ga$tar, mesmo que o preço seja o dobro das outras lojas.
 

Exemplo 2: As blusas são difíceis de encontrar porque o busto é grande e/ou os braços são mais roliços? Nesse caso, quando achar a modelagem que vista bem essa sua parte de cima, vale a pena o gasto, mesmo que o preço não seja super camarada.

Exemplo 3: seus pés são sensíveis e doem e machucam com quase todos os sapatos? Então não adianta querer fazer economia nesse item. Planeje gastar um pouco mais e vá direto para as marcas que lhe calçam bem, mesmo que sejam um pouco mais caras.

Já nas áreas que são vestidas com facilidade não precisa dispender: se em qualquer loja você encontra, por exemplo, calças que são vestidas facilmente, não há porque gastar mais com elas!

Gostou da dica? Planeje-se assim para as próximas aquisições. 😉

Comentários