De quanto precisamos?

Reli um artigo do blog Cait Flanders sobre seus dois anos sem compras e acho que há pontos importantes a dividir com vocês.
Ao longo do post ela faz uma lista dos produtos que consumiu durante um ano inteiro, quando anotou tudo que comprou e usou. Vamos nos ater aos itens de beleza e limpeza, já que a necessidade de roupas e afins são muito variáveis.


Here’s what I bought:
Toiletries/Cleaning Products
2 bottles of shampoo
2 bottles of conditioner
2 bottles of body wash
3 bags of epsom salts
10 razors
2 sticks of deodorant*
4 tubes of toothpaste
2 electric toothbrush heads
1 regular toothbrush (travel)
2 refillable travel containers (left my old ones at a hotel)
1 travel lotion
4 boxes of tampons
1 DivaCup
1 bottle of Advil
2 boxes of Tylenol Cold & Sinus
1 box of Q-tips
1 eyeliner
1 mascara
36 rolls of toilet paper ($20 at Superstore, good for the year)
1 jug of refillable hand soap
2 jugs of laundry detergent
2 bottles of dish soap


Lógico que os números acima refletem somente a experiência particular da blogueira, mas pense bem: não deve ser muito diferente do nosso dia a dia. Dois frascos de shampoo por ano - se forem frascos grandes, sim, parece razoável. Um delineador e uma máscara - para mim é o suficiente, com certeza.

O que me impressionou é que percebi que faço estoque de produtos, sempre temendo uma falta inesperada de algo. Mas se usamos UM DELINEADOR POR ANO, por que tenho dois em estoque, além do em uso? Não faz sentido!

Percebi que minha casa está abarrotada de produtos que não serão usados dentro do seu prazo de validade ideal, visto que estão estocados meramente baseados no sentimento "e se faltar?".

Hora de arrumar os produtos de beleza e limpeza tirando os extras e itens que não vão ser usados em um ano, doando-os para quem efetivamente vá aproveitá-los agora.

E parar de comprar pensando só na segurança de ter tudo em casa. Isso fez sentido para minha avó, que viveu as duas Grande Guerras, e que depois passou esse pensamento para minha mãe.
Nós estamos longe dessa realidade, não há mais necessidade em se gastar para estocar itens que são facilmente repostos em qualquer farmácia próxima.

Precisamos mesmo de tudo isso estocado? PARA PENSAR...

Comentários