Você assiste TV?

Ou Netflix, ou qualquer outra forma de assistir séries, documentários, etc.?
Bom, eu amo séries, principalmente as médicas, de ficção científica e também policiais leves (sem máfia ou policiais infiltrados - só os água-com-açúcar, tipo Castle 😄).

O problema é que para assistir qualquer coisa na tv paga você é obrigado a ver anúncios dos demais programas de cada canal, e aí... só se esquivando das balas.
A quantidade de violência gratuita está absurda. O que mais se vê é alguém sendo assassinado a tiros, como se a exposição disso fosse um chamariz adequado para lhe fazer ficar interessado e não mudar daquele canal.

Para nós é só uma constatação triste mas, e para a geração que está crescendo agora? A violência está sendo TÃO banalizada que ninguém sequer estranha ou se emociona ao ver um personagem "morrer", ou ser bombardeado, explodido, torturado, alvejado, afogado, etc...

Reclamar adianta? E vamos reclamar exatamente para quem?
Porém, colocar nossa indignação de forma pública ainda é algo que podemos fazer. Triste situação atual...
René Magritte, "A tumba do lutador", 1960

Comentários